Paraná Turismo apresenta potencial e estabelece intercâmbio de informações com outros destinos no Abeta Summit
02/12/2021 - 18:17

A Paraná Turismo participou entre os dias 24 e 27 de novembro do XVIII Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta Summit), no município de Timbó, no Vale Europeu de Santa Catarina. Foram quatro dias de imersão em um dos principais eventos voltados ao turismo de natureza do país, que voltou a ser realizado de forma presencial após as restrições impostas pela pandemia da Covid-19.

Diversos representantes da iniciativa pública e privada de vários estados brasileiros compareceram ao evento, onde puderam destacar seus respectivos destinos e produtos receptivos.

De acordo com o assessor técnico da Paraná Turismo, Evandro Pinheiro, o Abeta Summit foi a oportunidade de mostrar o Estado sob um olhar sensível e contemporâneo sobre os desafios de construir um novo modelo de desenvolvimento ambiental, social e econômico para o turismo brasileiro de natureza. “A linha principal do evento foi mostrar os cases de sucessos em destinos eco turísticos, além da mútua cooperação entre os associados da Abeta e os entes públicos, e sua importância no apoio e promoção dos destinos visando geração de trabalho e renda por meio de atividades alternativas”, explicou.

Por outro lado, o evento também se ateve às novas ferramentas tecnológicas para divulgação de produtos e destinos. Abordou-se também a importância do desenvolvimento do planejamento e negócios de forma associada entre territórios, destinos e produtos visando a implantação de circuitos integrados. Os participantes puderam também visitar vários produtos locais de sucesso.

O QUE O PARANÁ TEM A MOSTRAR - A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), através da Paraná Turismo e do Instituto Água e Terra (IAT), levaram ao Abeta Summit as pluralidades turísticas e culturais, potenciais e produtos reais do estado. Foram apresentadas ainda as diferentes atividades que podem ser realizadas na natureza no Paraná, desde as mais tranquilas como a observação de aves em Guaraqueçaba e os mergulhos contemplativos de Porto Rico, até o passeio de barco pelas Cataratas do Iguaçu.

“Sem dúvida, as duas maiores contribuições do estado no evento foram sobre o case de sucesso da concessão do Parque Estadual de Vila Velha e as futuras a se realizarem sob duas gestões bem distintas: a gestão ambiental pelo IAT e a gestão turística na forma de concessão à iniciativa privada”, disse Evandro Pinheiro.

O evento ainda foi uma oportunidade para estabelecer contato com outros estados, municípios, IGR’s e destinos, buscando integrações futuras no desenvolvimento das atividades no espaço rural, a troca de cultura e principalmente a experiência de quem já fez em outros lugares e que tem o mesmo objetivo, que é desenvolver de forma segura e responsável as atividades turísticas.

Acompanhe nossas redes sociais em: https://www.facebook.com/prtur  e   https://www.instagram.com/paranatur/

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de  Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em: www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo

 

GALERIA DE IMAGENS